quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Entre poetas.

Verso qu’imita outro verso
Há alguma coisa entres os poetas
Que gera uma confiança tamanha...

E mira de longe, com os olhos de um mar imenso
Que são teus arco-íris...

Aqui sob este poema
Susto a realidade
E empenho todas as mil vontades
Perdidas pelo temor natural dos homens...

Bendita ela, a poesia
Que há de permitir
Todo o excesso
Que por qualquer coisa outra
Insistimos em manter
Dentro de nós...

publicado no www.recantodasletras.com.br

4 comentários:

Versos em nós disse...

há o que dizer, se não que é perfeito?

...

não

...

é perfeito..

Keidy Lee Jones disse...

Lindo poema...

O mundo está em nós!

Soraia Barbosa disse...

Nossa, me identifiquei muito com este belo poema.
Parabéns!

Textos e Poesias disse...

Salve!!!!

bom vir aqui...


beijus