sexta-feira, 17 de agosto de 2007

Os sapatos.

Bati a porta...e sem mais despedi
Não mais vi quem queria...
Vi o dia renascer
Vi a morte pedir licença e passar
Vi o menino correr descalço
...e calei
Diante da porta, já fechada
Deixei os sapatos como lembrança
E ai de quem os tirar de lá.

Danilo Cândido, 2007.

Um comentário:

Nobre Epígono disse...

=)

Hunf... Quando você vier aqui em casa, menino, take off your shoes, okay?

Hahahhaa..