domingo, 18 de fevereiro de 2007

JANELA...ESPELHO...

Sonhando versos, entre uma janela e um espelho...

Sonhando versos
Entre uma janela e um espelho
Dentro dela poesia
Verdes folhas balançando...

Claro amor...claro o dia
Quantos dias...tantos
Que nem sei...

São idéias...em cabeça
Orbitando versos meus
Meus e nossos eles são...

Entre um espelho e uma janela
Eu me inspiro...
Vejo ela...meu amor...
Vejo as dores deste mundo...

Caio em noite...vejo o dia
Pra nascer filosofia...
Um planeta sobre mim
Isso eu vejo...vejo sim!

São perfumes...entre flores
São flores perfumadas...
Ou na lama das idéias
Em cabeças encharcadas

Já nem sei mais o que são...
São idéias...num vagão
Vagueando sem saber
Um saber que vale tanto...um pranto...

Me olhar neste espelho...
E me prender
Ou saltar pela janela
E viver...

Entre versos dos meus sonhos
Entre os meus sonhos...você...

Copyright 2007 by Danilo Cândido Todos os direitos reservados ao autor

3 comentários:

Alvaro disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
gustavo disse...

Muito bom cara !!!!
Vida longa para a sua poesia livre!!!
Sua escrita ta evoluindo cara!
Parabéns

Du disse...

queria dizer que tecerei algo mais profundo do que além de lindoooo demassssssssss...com clama farei isso..beiju gigante e epoético