segunda-feira, 19 de fevereiro de 2007

UM QUERER

Vão-se de mim...
De mim que sei não...
Corro de mim...
De mim poesia
Aonde eu...
Eu não sou...
Que posso querer?!
Querer posso eu...
Tão meu, de ninguém...
Tão seu...que nem sou
Se sou, eu sei não...
Não! eu não vou...
Eu vou então...
Aonde vivo..
Me vejo em vão...
Um não querendo...
Bem mais querer...
Querer um bem...
Meu bem querer...
Que quero ser..
Ser teu, meu bem...
Meu bem bendito
Bem visto ser...
Enquanto corro...
De não sei o quê...
Querendo ser...
Mas sem você...

Um comentário:

josivamns disse...

éééééé
o primeiro post
rs
pelo nivel de seus versos fico ate com vergonha de passar por aqui
pois imagino os monstros da escrita que nao devem passar por aqui para ver suas criaçoes ne?
ja que aqui vao ser poucos os vocabularios populares eu digo logo...
MUITO FODAAAAAAAA
VC É O CARAAAAAA
huahuahuahua

fui...